Blog

Referência no Brasil, Flávio Sohler fala sobre o mercado para engenheiros e arquitetos gestores de projeto

Data: 25 / 04 / 2018 Engenharia e Arquitetura

Diante da globalização, empresas de diversos países comercializam e buscam produtos no mercado brasileiro. O Brasil nos últimos anos ocupou lugar de destaque em diversos segmentos e isso fez com que o nível de exigência sobre a capacidade das empresas e profissionais brasileiros aumentasse consideravelmente.

Enquanto o mercado busca por agilidade, produtividade, menores custos e prazos, menores riscos e maior qualidade, os profissionais precisam estar preparados para gerenciar projetos baseados nestes objetivos.
 

Leia também:

MBA desenvolve competências na área de gestão de projetos voltados para as áreas de engenharias e arquitetura.

MBA Gestão de Projetos em Engenharias e Arquitetura. Clique e conheça.
 

Nos últimos tempos a procura por especializações que capacitem engenheiros e arquitetos para atuar como gestores de projetos vem crescendo consideravelmente.

Por isso, o IPOG entrevistou o coordenador do MBA Gestão de Projetos em Engenharias e Arquitetura, Flavio Augusto Settimi Sohler, Pós-Doutor em engenharia civil pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (Portugal) e Universidade de Hamburg-Harburg, Alemanha. Doutorado em engenharia civil na UFRGS. Doutor em Psicologia Organizacional pela PUC-GO. Mestre em Engenharia de Produção pela PUC-RJ.

Graduado em engenharia civil, e Especialista em Análise de Sistemas e Telecomunicações pela PUC-RJ. Especialista em Project Finance pela USP.

Sohler é um dos profissionais de referência em todo o Brasil, além de possui a certificação do Project Management Institute-USA (PMI) como Project Management Professional (PMP) e Risk Management Professional (RMP).

Confira a entrevista sobre a especialização em gestão de projetos para engenheiros e arquitetos:

IPOG: Por que é tão importante que um profissional de engenharia ou Arquitetura aprenda sobre gestão? Qual o impacto disso no seu dia-a-dia?

Flávio Sohler: As empresas de engenharia e arquitetura estão sendo cobradas por estes fatores. A demanda por mais infraestrutura, por mais habitações, por mais energia, dentre outros, tem causado, por um lado, empresas desejando investir, mas por outro lado, empresários com receio de investirem, por conta da economia que reduziu o ritmo de crescimento do país. A gestão de projetos é um conjunto de ferramentas gerenciais que permitem que a empresa desenvolva habilidades, incluindo conhecimento e capacidades individuais, dentro de um cenário de prazo, custo e qualidade predeterminados, minimizando os riscos, controlando melhor os gastos e atrasos de projetos.
 

IPOG: Qual a diferença do profissional de projetos especificamente no ramo de engenharia e arquitetura? Flávio Sohler: Projetos em engenharia e arquitetura são normalmente afetados por diversos riscos, são caracterizados por terem muitas atividades que devem ser sequenciadas segundo as boas práticas para elaboração de projetos de engenharia e arquitetura, são caracterizados também por serem projetos intensivos de mão de obra, com custos elevados e utilização de muitos recursos e diversos fornecedores.

Flávio Sohler: Integrar todos esses fatores, minimizando os riscos e custos, evitando atrasos, aumentando a qualidade dos produtos produzidos, gerenciando as entregas dos diversos fornecedores, são tarefas que o gestor de projeto deve lidar no seu dia a dia. Portanto, para os profissionais de engenharia e arquitetura, evidentemente é muito mais complexo o gerenciamento de projetos, fazendo com que esses profissionais se tiverem capacitados em gestão de projetos voltados para suas áreas de atuação, a chance de obterem sucesso é muito maior.
 

IPOG: Como está atualmente o mercado para profissionais com essa qualificação? O profissional é valorizado?

Flávio Sohler: Os profissionais que possuem a certificação PMP (Project Management Professional) ou mais especificamente "Gerente de Projetos" do PMI (Project Management Institute ou Instituto de Gerenciamento de Projetos) são profissionais reconhecidos pelo mercado, pois foram aprovados em uma prova complexa, sendo que a certificação é reconhecida nacionalmente e internacionalmente. Isto significa que o profissional pode trabalhar como gerente de projetos certificado em vários países.
 

Leia também:

Estudo de Caso de um Projeto Completo com Revisão do PMBOK? Clique aqui.

Saiba como obter a certificação PMI e destacar-se no mercado nacional e internacional.

IPOG: E quanto à valorização salarial?

Flávio Sohler: Possuir a certificação PMI é uma vantagem competitiva, pois 23% das empresas exigem que os Gerentes de Projeto de seus fornecedores sejam certificados PMP, 48% ainda não exige PMPs para seus fornecedores, mas a existência de PMPs é um diferencial competitivo, 42% das empresas possuem salário dos PMPs entre R$ 9.000 e R$ 15.000 e 21% possuem salários de PMPs entre R$ 15.000 e R$ 24.000.
 

IPOG: Como ter uma especialização assim influencia em propostas de trabalho, na hora de conquistar o cliente?

Flávio Sohler: Atualmente, não só a experiência prática em projeto dos engenheiros e arquitetos é levada em conta no momento de uma contratação, mas também a certificação PMP é vista como um grande diferencial de qualidade.

Para saber mais sobre a certificação do PMI e outros assuntos relativos à gestão de projetos de engenharia e arquitetura, clique aqui.